Pimenta-rosa (Schinus terebinthifolius Raddi)

by 04:59:00 3 comentários

Esta semana vamos conhecer a pimenta-rosa, condimento muito apreciado na culinária regional brasileira e que a maioria das pessoas acredita ser importado. Mas a pimenta-rosa é brasileiríssima e precisa ser melhor conhecida. Seu sabor é adocicado, levemente picante e o aroma suave. A espécie também é conhecida pelos nomes de aroeira, aroeira-da-praia, aroeira-de-remédio, aroeira-mansa, aroeira-pimenteira e aroeira-vermelha.

Descrição botânica: Árvore da família Anacardiaceae, porte mediano, entre 5 a 10m de altura e tronco com 30 a 60cm de diâmetro, com casca espessa; as folhas são compostas, com 3 a 10 pares de folíolos, medindo entre 3 a 5cm de comprimento e suavemente aromáticas; as flores são pequenas, reunidas em panículas de formato piramidal, concentradas na porção terminal dos ramos; os frutos são do tipo drupa, de coloração avermelhada, com 4 a 5mm diâmetro e muito aromáticos.




Área de ocorrência natural da espécie no Brasil.
Fonte: Flora do Brasil.

Onde ocorre: A espécie é nativa, mas não endêmica do Brasil, típica da Mata Atlântica, ocorrendo de forma natural neste Bioma desde o Rio Grande do Sul até o Rio Grande do Norte.

Usos: A planta é utilizada como medicinal, aromática, condimentar e ornamental. Suas propriedades medicinais são bastante conhecidas da população. Estudos farmacológicos comprovam que a pimenta-rosa apresenta propriedades anti-inflamatória, cicatrizante, antioxidante, antialérgica, antibacteriana, além do potencial para controle de alguns tipos de células cancerígenas. As folhas e frutos possuem óleos essenciais, que podem ser utilizados na formulação de cosméticos e medicamentos. O uso medicinal da pimenta-rosa deve ser feito com cautela e, preferencialmente, acompanhado por profissional de saúde a fim de evitar intoxicações.


A espécie também é muito utilizada como condimento de forma pura ou misturada com a pimenta-do-reino, conferindo aroma e sabor sofisticado à diferentes tipos de carnes, pastas, molhos e cremes. A pimenta-rosa pode ser encontrada, sem muito esforço, em bons supermercados e ervanários. Particularmente, aqui na minha casa essa pimenta vai muito bem para temperar frango e batata, conferindo sabor especial e exclusivo aos pratos.

A planta também pode ser utilizada em paisagismo e ornamentação, devido ao belo conjunto formado pelas folhas e frutos coloridos. Apresenta porte reduzido e aceita bem a poda, o que permite seu uso tanto na arborização urbana quanto na formação de jardins ou cercas-vivas.


Aspectos agronômicos: Por ser uma espécie nativa e muito bem adaptada, propaga-se com relativa facilidade por meio de sementes ou estacas. A germinação ou enraizamento das estacas podem ser feitos em canteiros ou em sacos plásticos individuais contendo substrato rico em matéria orgânica e bem drenado, preferencialmente, solo de textura argilosa. As plantas devem ser mantidas à pleno sol e com regas constantes. O crescimento das mudas é rápido, atingindo 4 a 5 metros de altura aos 2 anos de idade.

Referências bibliográficas
Anacardiaceae in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: Link. Acesso em: 04 Jun. 2016

GILBERT, B.; FAVORETO, R. Schinus terebinthifolius Raddi. Revista Fitos, 6(1), 43-56, 2011. 

3 comentários:

  1. Muito bacana esse trabalho de apresentacao de nossa flora! Parabens!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Julceia! Parabéns pelo teu trabalho. Descobri o nome de uma árvore que acho linda aqui (resedá gigante). Adoro árvores e plantas em geral e fico agoniada quando não sei o nome de alguma. Quando descubro, ganho o dia! Fico feliz de verdade. Queria saber se vc poderia me ajudar a descobrir o nome de uma planta que tenho em casa e que disseram que era um tipo de alfazema, mas não tem nada a ver com as lavandas que encontro nas pesquisas. Pode ser? Te mando umas fotos. Seria ótimo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joelita! Que bom que gostou do site, fico feliz e imensamente grata por suas palavras. Pode me enviar as imagens sim, que eu tento indentificar a planta pra você. Envie para julceia@gmail.com

      Excluir

Este blog foi criado com o objetivo de informar e entreter. Apresentar uma espécie vegetal seus usos, potencialidades e curiosidades, com informações mais detalhadas, para que as pessoas conheçam e contemplem a beleza de cada espécie.O conteúdo é destinado a toda comunidade e serão muito bem vindas, todas as colaborações daqueles que estejam dispostos a dividir seu conhecimento com quem tem sede de aprender sempre.