Erva-de-jabuti (Peperomia pellucida (L.) Kunth)

by 3/14/2021 05:34:00 PM 0 comentários

Muitas pessoas ainda se referem à erva-de-jabuti como espécie invasora e de pouca serventia. Mas não é bem assim. Esta planta já é bastante usada na medicina tradicional do Norte do Brasil e em países vizinhos. Recentemente foi classificada como PANC (Planta Alimentícia Não Convencional) e foi descoberta pelos chefes de cozinha, que já criaram iguarias muito interessantes. De risotos a ceviches, a erva-de-jabuti é mais um caso de planta nativa que é mais conhecida fora do País do que em sua própria casa. Imagina o quanto perdemos em sabor e nutrientes por não conhecermos e valorizarmos nossa flora nativa? É isso que move o trabalho da Planta da Vez: fazer conhecer a riqueza de cores, sabores e saberes do Brasil!

Descrição botânica: Da família Piperaceae, planta herbácea, anual, ereta, ramificada, com caules tenros e quase translúcidos, medindo até 40 cm de altura. Seu crescimento pode ser ereto ou mais prostrado, conforme a região e o clima. Possui folhas simples, pecioladas, alternadas, com nervura central saliente, bordas lisas, formato de coração e comprimento entre 1 a 3 cm. As inflorescências são do tipo espigas, eretas, cilíndricas, reunindo numerosas flores diminutas e de cor esverdeada.


Onde ocorre: Planta nativa do Brasil com ocorrência natural em praticamente todo o território nacional. Cresce em áreas abertas e úmidas, sendo considerada invasora em vários locais. Muito presente em pomares e estufas de plantas, onde cresce viçosa e abundante.

Usos: Seus ramos e folhas jovens podem ser consumidos crus ou refogados, usados no preparo de saladas, bolinhos fritos ou assados, pizzas, risotos e o que mais sua imaginação culinária permitir. Cada 100g de folhas secas contém, em média, 258 kcal, 46,5 g de carboidratos e 6.977 mg de potássio. Atualmente, em algumas boas feiras regionais, é possível encontrar a planta sendo vendida como hortaliça folhosa fresca. As inflorescências, muito aromáticas, podem ser usadas como tempero, semelhante ao uso que se faz com as inflorescências de pimenta-longa (Piper aduncum).

A erva-de-jabuti também é usada na medicina popular da região Norte contra tosses, resfriados, como anti-inflamatória e no controle do colesterol e pressão alta. No México e em outros países da América Central, a espécie também é bastante conhecida na medicina tradicional, onde é chamada de corazon de hombre, yerba de la planta ou herbe a la curesse. Na Malásia, é consumida como alimento e chamada de ketumpangan air. Em inglês, a espécie é conhecida pelos nomes de greenhouse tea plant, pepper elder ou rat ear.


Aspectos agronômicos: Pouco se conhece sobre o cultivo desta espécie, uma vez que é mais comum a colheita em áreas onde ela cresce espontaneamente. A propagação é feita unicamente por sementes, que possuem alta germinação e crescimento rápido das mudas. O cultivo pode ser feito com base na observação dos locais de ocorrência natural da espécie: em áreas sombreados ou semi-sombreados, com solo rico em matéria orgânica e água em abundância.

Cuidados: Quando se conhece pouco a respeito de uma planta e alguém lhe diz que é comestível, inicialmente, consulte um agrônomo, um biólogo ou outro profissional que conheça muito sobre identificação botânica. O consumo de plantas e cogumelos sem a correta identificação pode causar intoxicações graves ou até levar à morte do indivíduo. Seja prudente, cuide-se e aproveite os sabores com segurança!

Bibliografia recomendada

Carvalho-Silva, M.; Monteiro, D. Peperomia in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. http://floradobrasil.jbrj.gov.br/reflora/floradobrasil/FB12686

Kinupp, V.F.; Lorenzi, H. Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) no Brasil. Ed. Plantarum. 2014.

0 comentários:

Postar um comentário

Este blog foi criado com o objetivo de informar e entreter. Apresentar uma espécie vegetal seus usos, potencialidades e curiosidades, com informações mais detalhadas, para que as pessoas conheçam e contemplem a beleza de cada espécie.O conteúdo é destinado a toda comunidade e serão muito bem vindas, todas as colaborações daqueles que estejam dispostos a dividir seu conhecimento com quem tem sede de aprender sempre.